Lula convoca reunião sobre crise Israel

Lula convoca reunião na residência oficial após Israel declarar persona non grata.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva convoca uma reunião matinal nesta segunda-feira (19/2) com ministros e assessores no Palácio da Alvorada para abordar a crise diplomática com Israel. O encontro foi agendado em resposta à declaração do ministro das Relações Exteriores israelense, Israel Katz, que declarou Lula como persona non grata no país até que ele se retrate da comparação feita entre as ações de Israel e o Holocausto.

Na reunião, além do assessor especial da Presidência, Celso Amorim, responsável por assuntos diplomáticos, está presente o ministro da Secretaria de Comunicação (Secom), Paulo Pimenta. Amorim, que já criticou publicamente as ações de Israel, afirmou em entrevista à CNN que Lula não pretende fazer retratações.

Ontem (18), durante uma coletiva de imprensa em Adis Abeba, capital da Etiópia, Lula fez uma comparação entre as mortes na Faixa de Gaza e as vítimas judias do Holocausto perpetrado pela Alemanha nazista durante a Segunda Guerra Mundial. A declaração provocou uma forte reação por parte do governo israelense.


A reação de Israel complicou qualquer possibilidade de retratação.

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu declarou que Lula “cruzou uma linha vermelha” e anunciou a convocação do embaixador brasileiro em Tel Aviv para uma “repreensão”. Além disso, Israel quebrou o protocolo ao agendar um encontro no Museu do Holocausto, em vez do Ministério das Relações Exteriores.

Nos bastidores, apesar de alguns interlocutores do presidente admitirem o erro na fala, a resposta de Israel foi vista como excessiva, o que reduz as chances de uma retratação.

Share this post

PinIt

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    scroll to top
    Instagram
    Tiktok
    YouTube
    YouTube