Álvaro Porto reconhece erro, mas critica governo

Em comunicado, o líder da Assembleia Legislativa de Pernambuco esclarece o uso inadequado de uma expressão no contexto e local.

Após críticas com linguagem inadequada à governadora Raquel Lyra, o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, Álvaro Porto, emitiu nota explicativa. Embora reconheça o uso inadequado da palavra, mantém o tom crítico ao discurso da gestora.

Na nota, o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco esclarece que usou “uma expressão inadequada ao contexto e local” ao avaliar o discurso da governadora.

ERRO RECONHECIDO, MAS MANUTENÇÃO DAS CRÍTICAS

“Contudo, mesmo reconhecendo que a escolha da palavra foi inadequada, reafirma a visão de que o conteúdo do discurso não reflete a realidade em Pernambuco. Acrescenta que sua reação é resultado da indignação quanto à ausência de resultados do governo em áreas críticas como saúde e segurança”, afirma o comunicado.

DIREITO DE AVALIAR

Álvaro Porto ressalta seu “direito e dever de avaliar e criticar discursos que não condizam com a realidade observada”.

Ele destaca que “não fez menção à pessoa da governadora, mas ao conteúdo do discurso proferido por ela. O áudio vazado ocorreu durante uma conversa informal no final da sessão”.

POSICIONAMENTO CONTRA RAQUEL

Mesmo pertencendo ao mesmo partido que a governadora e contando com seu apoio na disputa pela presidência da Alepe, Álvaro Porto adotou uma postura oposta aos interesses do governo desde o início do mandato.

Em diversas propostas apresentadas pelo Poder Executivo à Casa, Raquel enfrentou a oposição do presidente da Alepe, resultando até mesmo em disputas judiciais, como no caso da última delas, a Lei de Diretrizes Orçamentárias.

Share this post

PinIt

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    scroll to top
    Instagram
    Tiktok
    YouTube
    YouTube