Disputa pela sinceridade

A disputa pela candidatura à prefeitura do Recife entre PSOL e Rede ganha novo capítulo após um encontro entre a governadora Raquel Lyra (PSDB) e Guilherme Boulos (PSOL), figura proeminente do partido. Embora a assessoria da governadora negue, especula-se no meio político que o encontro abordou a possibilidade de Túlio Gadelha (Rede), aliado de Raquel Lyra, receber apoio para concorrer à prefeitura em vez de Dani Portela (PSOL), possivelmente para ganhar a simpatia de Boulos, que enfrenta problemas semelhantes em São Paulo.

Apesar das chances limitadas de sucesso na capital pernambucana, a rivalidade entre Túlio Gadelha e Dani Portela, aliados de diferentes campos políticos, intensifica-se. Dani Portela rejeita a ideia de ser excluída do processo eleitoral pelo partido nacional, criticando o histórico de conflitos de Gadelha em sua legenda anterior.

Além disso, outras movimentações políticas ganham destaque. O Partido Progressista (PP) assume maior influência com a nomeação para cargos como o DETRAN-PE e a possível liderança na Secretaria de Turismo, fortalecendo sua posição como suporte significativo para o governo na Assembleia Legislativa. Enquanto isso, Tomé Franca, ex-secretário de Silvio Costa Filho, assume a Secretaria Nacional de Aviação Civil, e Henrique Queiroz (PP) é oficializado como pré-candidato à prefeitura de Buenos Aires.

O cenário político também é marcado pelo luto, com a triste notícia do falecimento da deputada federal Amália Barros (PL-MT). Parlamentares lamentam sua morte, aos 39 anos, após uma cirurgia para remover um tumor no pâncreas. Os acontecimentos políticos continuam sendo acompanhados em tempo real pelo Instagram do Foco Político.

Share this post

PinIt

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    scroll to top
    Instagram
    Tiktok
    YouTube
    YouTube