PF: Plano golpista por Cid a Gomes

PF: Áudios de plano golpista enviados por ajudante de ordens via aplicativo militar.

Diálogos obtidos pela Polícia Federal na investigação do suposto plano de golpe de estado para manter o ex-presidente Jair Bolsonaro no poder em 2022 indicam que o tenente-coronel e ex-ajudante de ordens da Presidência, Mauro Cid, informou o então comandante do Exército, Antônio Freire Gomes, sobre o andamento da trama.

Segundo a corporação, a comunicação entre os dois sobre os planos de golpe de Jair Bolsonaro e seus aliados, durante 31 dias, ocorreu por meio do aplicativo institucional da Força militar, o UNA. A informação foi divulgada pela colunista Malu Gaspar, do jornal O Globo.

A representação que fundamentou a operação Tempus Veritatis, realizada em 8 de fevereiro, menciona cinco áudios enviados pelo ex-ajudante de ordens de Bolsonaro a um contato que, segundo a PF, “indicam que as mensagens eram destinadas ao então comandante do Exército, general Freire Gomes”, com base na análise dos dados e em outras evidências coletadas pelos policiais.

Share this post

PinIt

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    scroll to top
    Instagram
    Tiktok
    YouTube
    YouTube