Araçuaí (MG) Bate Recorde: 44,8°C

A cidade de Araçuaí, localizada no Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais, conquistou um título indesejado ao ser considerada o local mais quente da história do Brasil, de acordo com medições do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Com seus 34.297 habitantes, a cidade alcançou a extraordinária marca de 44,8°C no domingo (19).

O recorde anterior datava de 2005, quando Bom Jesus (PI) registrou 44,7°C em 21 de novembro. Esse novo pico de temperatura em Araçuaí ocorreu durante a oitava onda de calor deste ano no Brasil, que persistiu desde 8 de novembro até o fim de semana.

A elevação das temperaturas foi impulsionada por uma combinação de fatores, incluindo uma grande massa de ar seco e condições desfavoráveis para chuva nas áreas centrais do Brasil. A influência do fenômeno climático El Niño também contribuiu para a persistência do calor, limitando a troca de calor do Sul para o centro do país.

Além disso, a presença de uma frente fria entre São Paulo e Rio de Janeiro intensificou o aquecimento pré-frontal, elevando ainda mais as temperaturas em Araçuaí.

Apesar do recorde, a cidade não está sozinha nesse calor extremo. Durante essa última onda de calor, outras localidades também enfrentaram altas temperaturas, como São Romão (MG), Porto Murtinho (MS), e Corumbá (MS).

Enquanto as chuvas trouxeram alívio para o Pantanal, o calor persiste em partes do país. A previsão aponta para uma queda nas temperaturas no início da semana, com a presença de chuvas, mas a tendência é que as temperaturas subam novamente no meio da semana. Esses eventos climáticos reforçam a necessidade de se discutir e enfrentar as mudanças climáticas globais.

Share this post

PinIt

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    scroll to top
    Instagram
    Tiktok
    YouTube
    YouTube