Histórico: Final do Campeonato Feminino terá duelos

A final do Campeonato Pernambucano Feminino promete um embate histórico: duas mulheres estarão no comando técnico de Sport e Náutico na disputa pelo título, algo raro no futebol brasileiro. Dos 32 times das séries A e A2 do Brasileiro, apenas oito têm treinadoras mulheres, destacando a excepcionalidade dessa situação.

Regiane Santos, aos 35 anos, é o rosto do Sport nessa final. Em sua segunda temporada como treinadora do clube, ela já foi jogadora e campeã estadual em 2017 e 2018. No último ano, garantiu o acesso para a série A2 e o título pernambucano, conquistas que busca defender neste domingo.

“A final é sempre especial, um clássico. Não haverá favorito, sabemos o peso desse confronto, o peso de uma final. Quem cometer menos erros terá a vitória”, destacou Regiane Santos.

Fabya Santos, técnica do Náutico, ingressou este ano com a missão de reestruturar o futebol feminino do clube. Apostou em um time composto por meninas a partir dos 14 anos de um projeto de futebol society, somadas a algumas jogadoras experientes, resultando em um time equilibrado.

“Estou tranquila, consciente do trabalho realizado. Estamos preparadas para enfrentar o time que já conhecemos. O objetivo foi traçado, planejado, e agora vamos em busca do título”, finalizou Fabya Santos.

A partida única entre Sport e Náutico acontece neste domingo, às 15h50, com transmissão ao vivo pela Globo em Pernambuco. A presença das duas técnicas na final ressalta a importância do avanço feminino no futebol, representando uma oportunidade de marcar história na modalidade.

Share this post

PinIt

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    scroll to top
    Instagram
    Tiktok
    YouTube
    YouTube