Bolsa Família: Entenda como Funciona o 13º Salário

O programa Bolsa Família, que atende mais de 20 milhões de famílias em todo o Brasil, é um importante auxílio para aqueles que vivem em situação de vulnerabilidade. Mensalmente, o programa disponibiliza um valor mínimo de R$ 600 aos beneficiários. No entanto, durante o final do ano, há a expectativa de um pagamento extra de 13º salário para alguns beneficiários.

O 13º salário do Bolsa Família funcionou de maneira abrangente em 2019, sendo disponibilizado a todos os beneficiários do país. No entanto, com o relançamento do programa, o Governo Federal anunciou a suspensão da liberação do 13º para todas as famílias beneficiadas, o que gerou dúvidas e expectativas sobre como essa gratificação funcionará nos próximos anos.

A decisão de pagar o 13º salário do Bolsa Família será determinada por cada governo estadual, tornando-o um benefício concedido somente em locais onde o governo estadual instituiu o pagamento do abono natalino. Um exemplo disso é o estado de Pernambuco, onde o governo estadual é responsável pelo pagamento do 13º salário do Bolsa Família. Nas demais regiões do Brasil, não há previsão de liberação do 13º salário para os beneficiários.

No entanto, é importante destacar que, no mês de dezembro, alguns beneficiários do Bolsa Família receberão um pagamento extra, mas não se trata do 13º salário. Esse pagamento adicional está relacionado à liberação do Auxílio Gás, que é concedido de forma bimestral. O benefício do Auxílio Gás foi liberado pela última vez em outubro e, portanto, um novo pagamento está previsto para dezembro. O valor exato a ser pago ainda não foi definido, mas corresponderá à média do preço de um botijão de gás de cozinha de 13 kg. Em outubro, esse benefício foi fixado em R$ 106.

Os recursos do Bolsa Família, incluindo o Auxílio Gás, são depositados na poupança social do Caixa Tem, que permite aos beneficiários realizar transferências bancárias, pagar contas e até mesmo efetuar saques sem a necessidade de cartão ou documentos. O calendário de liberação desses pagamentos seguirá a mesma ordem do Bolsa Família, que é estabelecido com base no Número de Identificação Social (NIS) dos beneficiários.

O 13º salário e o Auxílio Gás são importantes adições aos recursos disponibilizados pelo Bolsa Família, que desempenha um papel fundamental no amparo às famílias em situação de vulnerabilidade em todo o país.

Share this post

PinIt

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    scroll to top
    Instagram
    Tiktok
    YouTube
    YouTube