Apoio de Bolsonaro a Milei Gera Debates sobre Eleições

Andrei Roman, diretor-executivo da AtlasIntel, uma empresa de pesquisa, afirmou que o apoio do ex-presidente brasileiro Jair Bolsonaro ao candidato ultradireitista Javier Milei na eleição presidencial argentina “tira votos”. Esta afirmação ocorre após o primeiro turno das eleições na Argentina, que colocou Sergio Massa, do partido Unión por La Patria, em primeiro lugar, seguido por Milei.

De acordo com Andrei Roman, o apoio de Bolsonaro a Milei impactou a corrida presidencial argentina. Ele sugeriu que uma próxima pesquisa incluirá a questão de avaliar a imagem do ex-presidente brasileiro na Argentina. Além disso, Roman destacou que não existe um apoio majoritário nem a Bolsonaro nem ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entre os argentinos.

A declaração de Eduardo Bolsonaro, deputado pelo PL-SP e filho do ex-presidente, durante uma entrevista à TV argentina C5N, na qual ele defendeu a flexibilização do acesso a armas, gerou polêmica e foi interrompida. Roman apontou que a maioria dos argentinos rejeita a pauta armamentista.

Embora a maioria das pesquisas de intenção de voto na Argentina tenha indicado Javier Milei liderando, uma pesquisa da AtlasIntel publicada em 11 de outubro mostrou Sergio Massa na primeira posição, com uma vantagem de cinco pontos sobre o candidato ultradireitista.

O apoio de líderes estrangeiros a candidatos de outros países tem sido um tema relevante nas eleições e gera debates sobre a influência externa em processos democráticos. A declaração de Roman destaca o impacto das relações políticas e da diplomacia na política regional na América Latina.

Share this post

PinIt

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    scroll to top
    Instagram
    Tiktok
    YouTube
    YouTube